(CARLOS ALBERTO): ta incrivel parabens pelo seu trabalho /-/ (MARILIA): Gostei muito do blog, muito legal mesmo, vcs estão de parabéns! Abração!!/-/ (NOTICIAS DE CENA): Blog Ta Massa Show De Bola Parabéns /-/ (BLOG EU AMO MASTRUZ): UM ABRAÇÃO PRA VC E BABINHA OS BLOGS SÃO SHOW DE BOLA, MASSA NOSSA PARCERIA AMIGOS!!! /-/ (@VICTORDEVASSO): vlw mlk ficou show de bola o blog!!! e a Radio q vc escolheu também é muito boa! abraço! /-/ (BABINHA - Esposa do edmar): Amor amei o Blog...Te amoooo muito cada dia que passa esse amor aumenta mais...beijao/-/geane araujo ESSA VAI PRA MINHA PRIMA : GOINHA ARAUJO jogar bola é arte...correr boi é moda...dançar forró é gostoso...agora ficar com vaqueiro,,,pense que foda!!/-/

Cody Whitney anuncia aposentadoria em 2014

Cody Whitney anuncia aposentadoria em 2014A chamada “segunda geração” de grandes cowboys da PBR (Professional Bull Riders) deve sofrer mais uma baixa em 2014: Cody Whitney, um dos destaques norte-americanos na década passada, anunciou que irá se aposentar das arenas ao final desta temporada.

Whitney já havia se despedido da PBR em 2008, onde competiu efetivamente por sete anos e desde então se dedica aos campeonatos da PRCA – Professional Rodeo Cowboys Association e CBR – Championship Bull Riding, onde deve encerrar sua carreira, aos 33 anos de idade.
Na PBR foram 150 eventos, seis Finais Mundiais, 352 touros montados e US$ 542 mil em prêmios entre 2000 e 2008. Neste período, mesmo vencendo apenas dois eventos na categoria principal, Cody Whitney sempre esteve entre os atletas de destaque e se tornou um dos favoritos dos fãs.
Sua melhor temporada foi a de 2005, quando terminou o ano na quinta colocação do Campeonato, embolsando cerca de US$ 200 mil. Durante a PBR World Finals daquele ano, ele fez sua montaria mais memorável, no lombo de Little Yellow Jacket. Era o evento de despedida do lendário touro Tri-Campeão da PBR e Whitney conquistou 94.50 pontos, registrando a 15ª e última parada em LYJ.
Membro da PRCA desde 2003, Whitney fez sua primeira temporada completa na entidade em 2009, quando se classificou pela primeira vez para a National Finals Rodeo e terminou a temporada na 12ª colocação.
Nas três temporadas seguintes, ele retornou a NFR, terminando o Campeonato sempre entre os 10 primeiros colocados. Em 2013, mesmo indo a cerca de 60 rodeios, ele não conseguiu bons resultados e ficou de fora da NFR. Seu melhor resultado foi a segunda vitória consecutiva no centenário Cheyenne Frontier Days, no mês de julho.
O anúncio de que pretende parar de montar veio no início de janeiro, quando Cody Whitney declarou que pretende se dedicar para que nesta sua última temporada venha o título mais almejado de sua carreira, a fivela de Campeão Mundial, o que o faria se despedir em grande estilo.
Sua vida de cowboy teve início aos oito anos de idade, quando começou a montar em bezerro nas competições de seu estado. Seu irmão mais velho, B. Joe Whitney, que teve uma curta passagem pela PBR, foi um de seus grandes incentivadores e primeiro companheiro de viagem quando ele se tornou profissional.
Whitney cria gado de corte e touros para rodeio no rancho onde mora com a esposa e dois filhos, no estado de Oklahoma. Após pendurar as “traias” ele garante que não pretende se afastar dos rodeios, pois acredita que possa colaborar de alguma forma para a melhoria do esporte.
Da segunda geração de astros da PBR, a qual pertence Whitney, o Bi-Campeão Mundial Justin McBride foi o primeiro a se aposentar, em 2008 e depois foi seguido por Ross Coleman, Jody Newberry (que sofreu traumatismo craniano), Mike White, Willey Petersen, Chris Shivers e mais recentemente, Luke Snyder, Cord McCoy e Brendon Clark.
Fonte:Viola Show

Seguidores

"Vaquejadas que vem por aí"